Nádegas a Declarar


Como eu disse, eu mudei, em muitos aspectos, pra melhor, eu diria. Um deles, é o meu gosto musical, que no meu ponto de vista, acho que nunca tive um gosto musical tão ruim assim.  Tudo bem que, quando eu tinha sete anos eu escutava Rebeldes mexicano e Inimigos da HP, mas ainda acho que se salva, ao meio de: "bara bara bara" "ai se eu te pego" "tchetcherere" "lê lê lê". Mas não vim aqui para criticar os cantores sertanejos atuais, só queria deixar claro que a música brasileira ainda não morreu, e temos provas disso, o problema é que existe muitas mentes pequenas que os idolatram, mas fora isso, temos grandes nomes da música brasileira, que há sentido em escutar, como: Nando Reis, Humberto Gessinger, Rita Lee, Arnaldo Baptista, Renato Russo, Cazuza, Zé Ramalho, entre mil outros. Só que eu acho que ultimamente, as pessoas tem feito sucesso, não pela música em si, e sim pela beleza - onde? -. As músicas antigamente, ou até surgirem esses "tchu tcha", passavam uma mensagem, eram criativas... Já ouvi pessoas dizendo: "se os caras fazem sucesso é porque eles tem talento", e é por isso que o Brasil não vai pra frente.
 - Ia colocar uma playlist, com músicas desses ícones, mas não consegui. Quero agradecer pela ideia da postagem a minha prima e amiga Mariana Valle. Quero dizer, também, que não estou aqui para criticar quem gosta dos sertanejos, beijos.